Espaço Político

13 jul
2016

Audiência Pública na Câmara discute permanência do SENAI na Restinga

VÍDEO NA ÍNTEGRA DA AUDIÊNCIA PÚBLICA

Dia 12 de Julho, foi realizada no Plenário Ana Terra (Plenarinho), na Câmara Municipal de Porto Alegre a Audiência Pública para debater a permanência dos cursos do ‪#‎SENAI‬ na nossa comunidade da Restinga.
Após a notícia de que a unidade, com 40 anos no bairro fecharia, assim como outras 10 em todo estado do RS, uma comissão organizada por alunos, ex-alunos, professores, ex-professores, moradores da comunidade e representantes de entidades locais, se reuniram para lutar pela permanência desta importante instituição na região, onde já formou ao longo destas 4 décadas quase 2.000 jovens, tirando-os das ruas, ensinando-lhes uma profissão e, principalmente, mostrando a eles como se construir um bom caráter e ser um cidadão e cidadã de bem.

A comissão denominada ‪#‎FicaSENAIRestinga‬, conseguiu chamar a atenção de todos para este importante tema. Grandes veículos de comunicação como Grupo RBS e Rede Record estiveram na comunidade fazendo matérias sobre o caso. Veículos comunitários locais, como a TV Restinga e o Jornal Vitrine, também se juntaram na luta e deram amplo destaque e cobertura às ações da comissão, que até a audiência pública no dia 12, já havia se reunido com a direção do SENAI em sua sede na FIERGS e também com promotoroes de justiça dos direitos humanos e da infância e junventude no Ministério Público do RS.

Uma grande mobilização foi feita na comunidade e os moradores responderam a este chamado, lotando o Plenário da Câmara e demonstrando a todos que não iriam aceitar outra resposta a não ser a de que o SENAI iria permanecer na Restinga. Lideranças comunitárias, representantes de ONG´s e entidades, pais, mães, jovens e adolescentes estavam todos unidos, em prol de um único objetivo e isso foi lindo de se ver.

A comunidade mostrou sua união e sua força e diante dos vereadores presentes à mesa e representantes do município e Ministério Público, ouviram da boca do Sr. Carlos Trein, diretor regional do SENAI aqui na região sul, de que se a Prefitura de Porto Alegre assumir as adequações necessárias no prédio onde os cursos se encontram, que fica dentro da Escola Municipal Larry Ribeiro Alves, o SENAI manterá seus cursos para os jovens do nosso bairro. O valor para adequações às normativas de segurança, acessibilidade, plano de prevenção contra incêndio e NR72, que diz respeito ao maquinário utilizado nos cursos, tem a monta de 472 mil reais, pelas informações passadas pelo SENAI. Os poderes executivos e legislativos presentes, prometeram achar uma solução para que este valor seja aportado à estas necessidades.

O próximo passo era conseguir uma reunião com o gestor municipal, o prefeito da cidade, para que o mesmo também se comprometesse em manter o SENAI na Restinga, dando carta branca para que os custos necessários fossem investidos nas adequações.
Na quinta-feira, dia 14 de Julho, em reunião como o vice-prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, representando a Prefeitura Municipal, na presença de secretários e representantes da SMIC, SMED, Sec. Trabalho e Fazenda, a comissão recebeu a notícia de que a Prefeitura dará carta branca e irá se comprometer com tudo o que for necessário para que o SENAI então permaneça na comunidade.
Uma carta-compromisso seria redigida e assinada pelo vice-prefeito para ser entregue ao Conselho do Sistema “S” (SESI, SENAI, SESC, SENAC, dentre outros) na FIERGS, para que os mesmos possam então assinar o compromisso de voltarem atrás, não fechem a unidade no bairro e já garantam as novas matrículas para os cursos destinados aos jovens da nossa comunidade e arredores.

Veja aqui a entrevista feita com o vice-prefeito Sebastião Melo:https://youtu.be/JK3wHTFzoKg

Confira o registro fotográfico feito pela TV Restinga na audiência pública. As fotos são de Alessandra Masagão, as imagens são de Jef Camisolão e a direção de reportagem e texto são de Márcio Figueira.

Comente esta matéria

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.