Slide Home

19 jan
2018

SMED promove atividades de verão na Restinga para alunos da rede

A Secretaria Municipal de Educação (Smed) está promovendo até 9 de fevereiro, atividades de verão no Centro de Comunidade Restinga (Cecores). Participam da programação alunos de cinco escolas da região Sul de Porto Alegre, que são próximas ao local: Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Dolores Alcaraz Caldas; Emef Mario Quintana; Emef Professor Larry José Ribeiro Alves; Emef Senador Alberto Pasqualini; e Emef Deputado Lidovino Fanton. Estão sendo realizadas, desde o início da semana, oficinas de arte e cultura com base em projetos afrocentrados desenvolvidos na região e também atividades de esporte e lazer nas piscinas do Cecores.
A programação é dirigida a estudantes a partir de 9 anos, que deverão ter autorização da família e estar assistidos por um responsável durante os deslocamentos e a permanência nas atividades. As aulas de natação são ministradas por professores do Cecores, que também disponibiliza monitores para acompanhamento das brincadeiras na água, por meio da parceria com a Smed, o centro ainda oferta oficinas de saúde para os responsáveis. As atividades incluem capoeira, contação de histórias e roda Griot, além de oficinas de turbantes, pinturas étnicas, maculelê, bordado empoderado e simbologia Adinkra, ministradas por professores da rede municipal de ensino.
O aluno Vitor Gabriel Garcia, de 11 anos, contou, que se não estivesse no centro às tardes, estaria em casa, provavelmente assistindo televisão. Mesmo assim, ele diz preferir o Cecores, por poder participar das oficinas e aprender mais e se divertir nas brincadeiras na água, juntamente com os colegas. Durante a contação de histórias, Vitor participava ativamente da conversa. Ele também fez a oficina de pintura étnica – parte da tradição cultural de diversas nações, incluindo tribos africanas, e utilizada para diversas finalidades, como a caça e a passagem de rituais.
Além da parceria para atividades com alunos da rede municipal de ensino, o Cecores funciona como um espaço de lazer para a comunidade da Restinga, mantido pela prefeitura e inaugurado em 1972. Moradora do bairro há 32 anos, Déia Pereira disse que sempre que é possível leva suas netas para a piscina nas férias escolares. “Participo sempre que posso”. Também moradora do bairro, Sara Goulart aproveita as férias em família para trazer seu filho Bruno (com deficiência) ao Cecores. Ela afirma que o menino adora o tempo que passa no local e reitera a importância do centro para a comunidade. “Estava todo mundo na expectativa. Esse espaço é muito importante para as crianças”, relatou.
A iniciativa da Smed, desenvolvida por meio das coordenações de Ensino Fundamental e de Educação Integral da Diretoria Pedagógica, integra o Projeto Esporte Verão da Prefeitura de Porto Alegre, executado pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social e Esporte (SMDSE). O objetivo é dar a possibilidade de os alunos disporem de um tempo qualificado de lazer e cultura próximo de suas casas e oportunizar o contato com as atividades que outros professores das escolas do entorno do Centro Comunitário, aprendendo novos conceitos e concepções de mundo.
“São atividades afrocentradas, normalmente realizadas nas escolas da rede ao longo do ano letivo, e em cumprimento ao artigo 26-A da Lei de Diretrizes e Bases da Educação, que dispõe sobre a Educação para as Relações Étnico-Raciais”, explica a assessora de Igualdade Racial e Diversidades da Diretoria Pedagógica da Smed, Patrícia Pereira.
Fonte: SMED / Prefeitura de Porto Alegre

Os comentários estão fechados.