Matéria Especial

30 mar
2017

EMPRESA TERCEIRIZADA DA FASC ATRASA SALÁRIO E BENEFÍCIOS DE FUNCIONÁRIOS

ELES SÓ QUEREM TRABALHAR E TEREM SEUS DIREITOS RESPEITADOS!
Estivemos gravando com alguns funcionários da empresa Labor, terceirizada da FASC (Fundação de Assistência Social e Cidadania) , que exercem serviço de portaria nos CRAS e CREAS da Restinga e demais regiões.
A reclamação destes trabalhadores é que a empresa há meses vem descumprindo com seus compromissos trabalhistas. Os trabalhadores todo mês vêm recebendo seus salários atrasados. Eles deveriam receber até o 5º dia útil, como qualquer empresa paga, mas as vezes recebem só depois do dia 20. Benefícios como vale transporte e vale refeição também são entregues com atraso e se o funcionário falta o serviço, por não ter o vale transporte, nem o dinheiro pra pagar a passagem, ainda é descontado.
Alguns deles tiveram o nome incluído no SPC devido a falta de pagamento de algumas contas. Outra denúncia grave de um dos tralhadores, é de que a empresa desconta dele o valor referente a pensão alimentícia de 2 filhos mas não repassa às crianças e ele já recebeu até intimação para comparecer ao Fórum, por esta falta de pagamento. Ele teme ir preso por causa disso.

Entramos em contato com a Labor para saber a posição da empresa quanto ao fato denunciado pelos funcionários e também com a FASC, para saber o que ela tem a dizer oficialmente, pois segundo informações extra-oficiais, ela tem repassado o valor para a empresa terceirizada. Porém, até o momento, não tivemos retorno do responsável nem da Labor nem da FASC.
Estes trabalhadores, na sua grande maioria moradores da nossa comunidade da Restinga, não querem nada mais do que trabalharem e terem seus direitos garantidos, para cumprirem com seus compromissos, como qualquer bom cidadão e pais de família.

A TV Restinga está junto na luta destes trabalhadores e apoia o movimento. Muitos deles são moradores da nossa comunidade e agora eles têm vez e têm voz. Nosso canal deixa aberto o espaço para que as empresas em questão se pronunciem.
Alô Prefeitura de Porto Alegre, Prefeito Nelson Marchezan Júnior, Secretário Kevin Krieger, PGM – Procuradoria-Geral do Município Porto Alegre! Vamos analisar a situação do contrato destas terceirizadas que prestam serviços para Prefeitura! Já tivemos problemas com outras empresas num passado bem recente e agora mais esta.

Os comentários estão fechados.